Estudos provam que dormir bem realmente faz bem para a pele

Como já se sabe, o sono é essencial para a saúde, gerando benefícios desde a perda de peso até o tratamento do câncer. Mas, recentemente, estudiosos confirmaram o que os ditados populares já diziam: que o sono ajuda a retardar os efeitos da idade na pele.

Segundo o Daily Mail, o estudo da University Hospital Case Medical Centre de Ohio, nos Estados Unidos, investigou o processo celular natural de purificação da pele e descobriu que, como todas as outras partes do corpo, as células da pele também se recuperam durante o sono e trabalham enquanto estamos acordados. Este estudo é o primeiro a provar que este processo de purificação tem picos de trabalho durante a noite, por isso a grande importância do repouso para a pele.

 

Cientistas disseram que pessoas que têm uma qualidade ruim de sono perdem 30% mais água depois de 72 horas em que a pele foi exposta aos efeitos de raios ultravioletas do que aquelas que dormem bem. Além disso, as mulheres que dormem mal têm duas vezes mais chances de terem sinais da idade, como linhas de expressão e rugas, devido à redução da elasticidade da pele, à falta de pigmentação e à recuperação mais lenta dos efeitos do sol. Além do sono, envelhecer, ter estresse e exposição aos fatores ambientais também acumulam detritos nas células da pele, o que dificulta este processo de purificação.

O Daily Mail ainda listou algumas informações sobre o sono. Confira:

– A quantidade de horas de sono deve ser suficiente para a pessoa acordar descansada. O número ideal costuma ser entre 7 e 8 horas, mas fatores genéticos fazem esta quantidade variar, ficando entre 4 e 10 horas. Além disso, mulheres têm 75% mais chances de terem problemas de sono do que os homens.

– Especialistas dizem que não é possível fazer um treinamento para precisar de menos horas de sono e alertam que quem levanta ainda cansado é porque não tem uma boa qualidade de descanso.

 

– Médicos afirmam que ter um boa qualidade de sono ajuda a proteger o sistema imunológico e prevenir contra gripes e resfriados, além de ajudar a ter uma alimentação mais saudável e perder peso porque regula os hormônios que controlam o apetite. O sono também determina o humor, podendo ajudar a evitar ansiedade, estresse e depressão.  Fonte: terra.com.br

Petra Medicina Campinas