Saiba como se proteger da mudança de temperatura ao longo do dia

É importante evitar sair de um lugar quente para um frio sem um agasalho.
Contra o tempo seco, médicos explicam que é preciso beber muita água.

Sabe quando o dia começa com um friozinho, mas logo esquenta durante a tarde e quando chega a noite, esfria de novo?

Essas variações de temperatura em um único dia podem ser extremamente agressivas principalmente para quem tem as vias respiratórias mais sensíveis ou sofrem de problemas como asma, sinusite, bronquite ou rinite, por exemplo. Por isso, é importante tomar alguns cuidados para se proteger do ar seco e das mudanças bruscas do tempo nessa época do ano. Entre as recomendações mais importantes, estão beber muita água e ter também sempre um agasalho por perto.

O ideal, segundo a otorrinolaringologista Tanit Sanchez, é aquele feito de mistura de fibras sintéticas (poliéster e poliamida) com naturais (algodão), já que essa combinação ajuda a segurar o calor do corpo nos dias frios e também a evitar que o calor entre nos dias quentes. Há ainda a opção dos tecidos tecnológicos, que são mais eficientes ainda nesse processo.

Fora o agasalho, é importante também ter por perto objetos para proteger o pescoço e que, em situações de frio intenso, podem ainda ajudar a cobrir o nariz e a boca.

 

O importante, nessas situações, é evitar sair de um lugar abafado para um gelado sem estar bem agasalhado e com o rosto protegido. Por outro lado, aquela recomendação “de mãe” de fechar a janela durante o frio não é muito eficiente já que deixar o ambiente fechado e sem circulação pode favorecer a transmissão de doenças pelo ar e pelo contato.

Os médicos explicaram ainda que, contra o ar seco, é preciso se manter sempre hidratado. A dica, para isso, é ter sempre na bolsa um soro fisiológico para o nariz, uma garrafa de água e também algumas frutas que tenham muita água, como por exemplo, a mexerica.

Dentro de casa, é importante ainda manter o ambiente úmido com umidificadores e também aquecedores que ajudam a evitar esse choque térmico.

Fonte: Bem Estar

PetraMedicina

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *